Sobre

Um blog sobre Lúpus Eritematoso Sistêmico - LES. A visão de uma lúpica com vontade de levar uma vida normal, sem medo de viver e tentando dominar o lobo. Sejam bem vindos!!

Busco compartilhar informação sobre a doença para que as coisas se tornem mais fáceis para o paciente, família e amigos. Convido à todos para sentar um pouco e conversar...

Encontrar a força de vontade

quarta-feira, 6 de maio de 2009

by Star Nathy*
Upload feito originalmente por @elamoura
Há tempos tenho relutado em postar aqui no blog.

Ganhei de presente e deixei de lado. Que coisa feia, né?!
Mas quem me deu (meu macaco que tanto amo) entende o porque, e como entende. E tem uma paciência quase infinita comigo (digo quase, porque eu vacilo demais, quando ele cansar...).

Mas, enfim, aqui estou. Falando de mim, da minha relação com o Lupus. Hoje quero falar do que eu perdi.

Dramas a parte, vou direta ao ponto. Perdi meu condicionamento físico!! Sempre fui sedentária, mas pouco antes, treinava me exercitava com bastante disciplina. Pra uma pessoas preguiçosa por natureza, era uma vitória. Me orgulhava da minha energia, da minha força, das minhas proezas em executar movimentos do Parkour. Me sentia livre, com domínio sobre meu corpo. Era a fusão do físico com o emocional. Daí vieram as dores, o sono, o cansaço, a falta de energia e vitalidade. Elas não passavam e nada ia bem.

Foi então que, assistindo ao programa de tevê "Sem censura" identifiquei que minhas dores poderiam ser reumáticas. Foi uma forcinha divina que me fez procurar o médico certo e colocar as pessoas certas na minha vida (macaco *-*).

Minha maior preocupação era: e os meus treinos? E o Parkour? Tudo teve de parar. Fiquei bem ruizinha fisicamente. O que me ajudava era a energia das pessoas próximas e minha vontade de voltar a treinar. Descobri que sou uma pessoa positiva, que olha o lado bom das coisas. Confesso que quando comecei a sentir dor, algo me dizia que não era coisa simples. Que pouco antes do diagnóstico, no meu quarto, sozinha, com muita dor, depois de não conseguir fazer coisas como escovar os dentes, pentear o cabelo, abrir a válvula do filtro de água e não conseguir dormir, chorei de raiva, de medo, de sei lá mais o que. Não deu pra mim naquele momento. Eu poderia ser forte o tanto que fosse, mas a idéia de me tornar fisicamente dependente de outros era terrível. Foi uma só vez. Uma chuva forte que lavou a alma e trouxe um arco-íris.

Desde então, esse arco-íris prevalece na minha vida. Essa foto aí foi um pouco antes de tudo. Eu estava em minha melhor forma física. Tenho poucas fotos dessa época. Mas é daí meu ponto de partida. Quero voltar a ser assim. Quero me sentir tão bem quanto antes. Preciso encontrar novamente o equilíbrio. Preciso, eu posso... eu vou!

Enfim, o primeiro passo já foi dado: colocar o blog na ativa. Agora, é mudar todo o resto. Acho que consigo...

Por hoje é só...

4 comentários:

Sr. OverGround disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sr. OverGround disse...

Ops.. isso aqui vai virar um Blog de Parkour! >D rs..

Luiz Paulo disse...

Gostei muito do projeto e acredito que virão muitas coisas boas com ele... Espero continuar vendo esse exemplo de como vencer!!!

sandra disse...

É, eu me lembro desse dia......

Te amo!!!!!!!